Artigo de O Mentalista – VÁ DE RETO, CRISE!!!

VÁ DE RETO CRISE !

10149848_1406911856244868_930186697_n

Ramon Barros

Em tom de brincadeira, iniciamos este nosso bate-papo. Todo mundo só fala nela, todo mundo tem medo dela, todo mundo utiliza até como desculpa para não fazer nada…
E o pior: tem gente que cruza os braços, reclama da vida, chora miséria, se fecha em copas e ainda pôe a culpa em Deus. –“… a crise é Deus quem quer”…
Mas o que se vê são poucas as pessoas que realmente desejam sair dela. Nos momentos de crise é que descobrimos grandes possibilidades de inovarmos e criarmos oportunidades, antes jamais pensadas.


Quando agimos sobre pressão, a criatividade fica mais aguçada, os objetivos são mais focados e de onde menos esperamos, surgem as saídas para diversos obstáculos. Este é o momento de pensar no marketing estratégico e repensar todos os setores de uma empresa. E é ai que a força do endomarketing se manifesta: com a cooperação de todos, o carro sai do atoleiro, e pode seguir viagem.
Em tempos de crise, os consumidores, cada vez mais informados e determinados, buscam o melhor custo benefício, mas o diferencial é muito bem apreciado e se torna sedutor aos olhos do público.

herbalife
Os gestores, cada vez mais tem que abrir os olhos para o novo mundo que está batendo à porta de sua empresa: seguem algumas dicas de como driblar a crise:
Atenção às novas mídias: todo mundo faz seu canal de informações, de forma personalizada: blogs, torpedos, web TV’s, sites, e-mails, etc… ficar atento a esta tendência, identificando onde está seu público-alvo pode levar a descobrir um nicho de mercado até então, inexplorado.
Investir na qualidade da venda e do pós-venda: conhecer seu cliente, oferecer-lhe soluções ancoradas e acima de tudo, vender os benefícios de um determinado produto ou serviço, pode ser o grande trunfo de quem está nesse vai-e-vem da crise.
Provocar, estimular, acompanhar e cobrar resultados, através de alinhamento de equipes é fundamental para o crescimento de sua empresa. Sem esta sinergia de ações e comprometimento total do cliente interno, o objetivo – aumentar vendas – vai por água a baixo.


Quebrar paradigmas: é um trabalho mais profundo, de mudança de cultura e que envolve toda a sociedade: horários alternativos, união das lideranças locais do comércio, industria e varejo, sindicatos, patronais e empregatícios, com um só objetivo: sair da crise, sempre lembrando que “todos estamos no mesmo barco” ou seja, se ele afundar, muita gente não vai ter um bote ou um colete salva-vidas. Se remarmos juntos, chegaremos primeiro, se nos unirmos, o bicho-papão da crise fica pequenininho, inofensivo, dócil e facilmente domado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s